De dor e esperança

De dor e esperança

Nos meandros da dor

esperam sentadas

a onda de esperança,

que sempre chega,

e lava os pés

pendurados na janela.

(Poema oferecido às crianças que sofrem com câncer infantil) Escrevi este poema quando soube que a filha de uma amiga estava com câncer. Acabei de receber a notícia de seu falecimento. Vida tão curta! Mas que deixará marcas profundas. Que Deus a receba com uma multidão de anjos e muitas luzes. Que a família tenha essa certeza.

Clau Assi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s