ALMA GÊMEAS

Imagem

 

Num tempo mui distante,

como nó que se rompe,

gêmeas almas perderam-se

suspenso amor.

 

Castigadas pela distância

venceram o tempo

carregavam, no entanto,

o gosto desconhecido da saudade.

 

Uma tarde,

no coração exato da cidade,

o reencontro

o beijo.

 

Elo reatado

caminham,

passos firmes e uno,

rumo à eternidade.

 

Clau Assi

(Direitos reservados)

Anúncios

3 responses

  1. Elisa de Soua Ferreira | Responder

    Amei , sentimentos aflorados….

  2. Um belo poema, querida Clau. Como é bom ler seus sentimentos. Beijos de apreciação e deleite.

  3. Poetisa, belíssimo poema. Bj.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: