IMPERCEPTÍVEL

Image

Ousou levantar o olhar,

e por tão breve instante,

jura que se viu em seus olhos,

jura que houve reconhecimento…

 

Ilusão!

 

Foi e continua

invisível.

 

Clau Assi

(direitos reservados)

Anúncios

2 responses

  1. Rosalvo Silva Filho | Responder

    Lindo, quantas vezes nos vemos entre olhares perdidos no ar e derrepente um assombro, quando dois olhos se cruzam naquela fração de segundos, se veem e se tornam cegos, fingindo não ver.

  2. Muito bom, Clau. Adoro esses poemas densos, que trazem consigo toda a carga submersa. É o seu estilo e muito me agrada. parabéns!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s