DE FORMULÁRIOS E DE VIDA

Imagem

 

Hoje vasculhando as gavetas em busca de formulários percebi como juntamos inutilidades ao longo da vida.

Coloquei-me a pensar que com a vida o mesmo acontece. Dia após dia nos obrigamos a guardar coisas que nos são inúteis. A briga com o vizinho. A pressa no trânsito. A impaciência com as perguntas óbvias. A fila no banco. A falta de água na hora em que nos propomos a lavar o carro ou quintal. Tudo devidamente guardado em nossas gavetas. Tudo devidamente registrado em nossas almas. Aumentando nosso estresse diminuindo nossa vida. Amargando nosso sorriso.

Que tal um sorriso para o vizinho, uma música no trânsito, a resposta à pergunta, um livro pra fila, um passeio a pé se o carro está sujo? Que tal um alívio para o estresse insanamente criado por nós mesmos? Que tal nos preocupar mais conosco? Com nossa alma? Com nossos guardados? Com nossas gavetas? Não diminuiremos os pequenos problemas que nos acompanham diariamente, afinal fazem parte da vida, desse grande armário que somos nós, mas com certeza aumentaremos os guardados preciosos e os achados e perdidos que de lá sairão a cada abertura nos serão muito mais acolhedores. Diminuiremos as dores, diminuiremos as angústias, diminuiremos os rompantes de raiva e aumentaremos os sorrisos, aumentaremos a qualidade de vida. Quiçá aumentaremos a quantidade de vida.

E daí, com certeza, precisaremos de mais gavetas. Estas, para guardarmos os grandes acontecimentos. Sim! Estes simples que colecionamos dia após dia, mas que, preocupados com formulários inúteis, deixamos que eles passem desapercebidamente.

 

Espere um pouquinho, vou ali passar um pano limpo numa gaveta… É que me dei conta de que hoje vou limpá-la, perfumá-la e enchê-la com flores e alegrias.

Volto depois.

 

Clau Assi

Anúncios

25 responses

  1. Lapso de lucidez, instantâneo imediato de racionalidade … Entretanto, loucura pensar em limpar o cristalino dos olhos.
    A impureza está nas águas do turvo rio da insensatez humana…

  2. Vá sem pressa, perca tempo, se perca, cresça, durma e reapareça, vamos te esperar.

    1. Volto sempre…risos….
      Obrigada pela visita.

      beijo ternurento

  3. Lindo Texto, Clau! Vc soube comparar lindamente situações de nosso cotidiano que só servem mesmo para encher nossas gavetas, sem nos proporcionar nenhum benefício. Muitas pessoas estão precisando esvaziar essas gavetas e substituir por coisas boas. Abraço…Sou sua fã.

    1. Muito obrigada!!! Que delícia de comentário!! Muito honrada com sua visita.
      Um big beijo ternurento

  4. filosofaresidente | Responder

    Adorei esta prosa. Nos últimos anos tenho aprendido a fazer uma limpeza geral ao meu armário interior. Fiquei farta de tanta tralha acumulada. beijinhos.

    1. As limpezas são realmente necessárias!! Obrigada pela visita e pelo comentário. Adorei!! Volte sempre!!!
      beijo ternurento

  5. Muito bom amiga, nada como uma boa faxina em nossas ‘gavetas’, abrimos espaços para coisas novas e perfumadas… bem reflexivo, adorei.
    bj n alma!

    1. Não é, Dú querida?? Abrir gavetas nos ajuda a enxergar melhor o que há lá dentro. Grande beijo ternurento…Saudades.

  6. SIGRID SPOLZINO | Responder

    Reformular nossos costumes, de vez enquando nos faz um bem enorme !!! Lindo texto, bem reflexivo!!!!! Baci ❤

    1. Feliz que vc tenha gostado, querida Sigrid. Muito feliz. Saudade de farrear com vc e coma Basilina nos saraus. Beijo ternurento de gratidao e saudades.

  7. Parabéns mana. É bom, quando se lê algo com relevância. Que faz diferença. Entre tantas leituras, refletir e aproveitar, tem sido um luxo hoje em dia. E o teu, tem esse significado. Adorei =)

    1. Ebaaaaa, mana amada, obrigada. Que bom saber sua opinião e melhor ainda saber que gostou.
      Beijo. Te amo pra sempre!!

  8. Muito lindo e verdadeiro Clau!…Amei!Parabéns!

    Beijos!

    RMoon

    1. Obrigada, Regina. Bom te ver aqui. Bom saber sua opinião. Beijo ternurento, querida!!

  9. Boa tarde Clau, linda lição seu poema nos traz… bjks Loivarice

    1. Passeando por outras “prosas”, Loivarice. saudades do exercício poético. Beijo ternurento

  10. Lindo texto amiga. Linda mensagem. Parabéns. Vamos lá, para organização interna!!! Bjs.

    1. Léa, irmã que meu coração escolheu. Que me ajuda a faxinar as gavetas…. amoooooo

  11. Tudo muito lindo, motivo para reflexão, momento que nos faz pensar nas coisas que guardamos. Parabéns pelo teu escrito, Clau Assi.
    Ah, bom seria ter o meu convite aceito por Clau Assi.

  12. Puxa, Clauuuuuu… como me fez bem ler este texto hoje! Sem comentários, amiga… caiu como uma luva.

    1. Ebaaaa…entãojá valeu a publicação…simbora limpar as gavetas, amiga. dentro de você eu sei que tem uns guardados mais valiosos que ouro… te conheço… você é mãe preciosa, mulher preciosa, poeta preciosa e amiga ainda mais preciosa… vale ouro. Obrigada por existir na minha vida, por fazer minhas gavetas tão perfumadas.

      Beijo ternurento, amo você.

      Saudades da Nathália…saudades dos saraus….

  13. Adoro seu estilo… PARABÉNS !!! Obrigada por brindar-nos com esses mimos por escrito . Bjs

    1. Amada, Gladis que delícia te ver por aqui.
      Beijo mega ternurento cheio de carinho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: