DESAPERCEBIDAMENTE

Imagem

Deixa que eu te ame

que você saiba

e o mundo ignore.

Deixa que eu te queira

que você sinta

extravase minhas entrelinhas.

Deixa que os versos calem

e só você escute

meu grito de amor.

 

Clau Assi

Anúncios

7 responses

  1. Quem há de resistir a um apelo poético tão lindamente escrito? Ah, deixa, vai…Sua poesia me abraça, Clau. Parabéns! Sempre. Beijo sereno, poeta! Luz!

  2. Boa tarde, querida. Sempre um deleite banhar-me em sua poesia. Chova ou faça sol, no reino da poesia sempre faz bom tempo. Parabéns, Clau, por esse seu poetar lindo e suave.

    1. Um grande beijo, querida Basilina. Amo você, poeta.

  3. Que lindo! Seus poemas me emocionam sempre. Gosto da forma que fala de amor.Bjs, querida!

    1. Honrada com seu comentário, querida Zilda. Grande beijo ternurento.

  4. aahhh deixa, vai… o amor é sempre um pedido desesperado!

    1. Sim…. sempre.
      Beijo ternurento, Aurea.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: