NATAL

natal

Meus dedos calejados

de vida e dor

descobrem, timidamente,

embrulhado

entre trapos e palhas

o tesouro maior:    

o verbo em carne

pra que eu creia

pra que eu ame

pra me salvar

 

Que o mundo descubra-o

morando em mim,

em mim trapo,

em mim palha,

em minha fé,

amor

salvação!

Nasce, Jesus      

– renasce –

 

Clau Assi

Anúncios

2 responses

  1. filosofaresidente | Responder

    Feliz Natal Clau

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: