LIBERDADE

democracia_poesia_amor

todos os dias

razão e coração

gritam forte

bradam em mim:

– no Brasil, democracia não vai ter fim –

 

Clau Assi

 

Anúncios

8 responses

  1. Um poema verde amarelo

  2. Basilina Pereira | Responder

    Olá, querida, vim banhar-me em seu repertório: claro, límpido, enxuto, uma delícia de ler. Poesia sucinta que mexe com as nossas menores partículas. Parabéns, amiga. Um grande abraço poético e tb ternurento. Basilina

    1. Linda você, Basilina. Beijos

  3. Vibrando aqui para que seus lindos versos se transformem em verbo! Beijo sereno, Poesia…

    1. Amém!!! Precisamos, né?? Beijo ternurento, Lena!!

  4. Oremos minha cara porque a insensatez se esparramou por aqui
    bacio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: