CARETA


com caretas estúpidas

desafiava a vida

sorria

flertava

ganhava as nuvens
Clau Assi

Anúncios

CASAL

RECOMEÇAR

quando caiu

pousou

galho fino

não medrou

– tinha asas –
Clau Assi

METAMORFOSE

nuvem_poesia_amor

mesmo arranhada

do pedestal plúmbeo

soltou corpo

soltou alma

mirou o céu

ligou-se ao divino

reinventada

era tempestade

era nuvem

flutuava, enfim

 

Clau Assi

Primavera

DA ARTE DE ESCREVER

PUNHAL

coração_poema_amor

o que cegou o poeta

foram os versos de amor

ditos em outros ouvidos

 

Clau Assi

Primavera

De armários e de vida


Por 27 anos o armário 29 guardou meu material pedagógico… aposentada na rede pública…rompido o elo deixo que ele abrigue outros conhecimentos e vou eu em busca de outros armários… novo horizonte… novos conhecimentos.

Clau Assi

ESCRITOR

%d bloggers like this: