NATURALMENTE

Manoel-de-Barros

(A Manoel de Barros)

 

Terra fértil,

canto de pássaro,

flores amarelas.

Voe, poeta!

 

– Que a eternidade lhe seja simples.

 

Clau Assi

Anúncios

4 responses

  1. Lindo, Clau. Que o poeta voe bem alto entre as nuvens.
    Parabéns!

    1. Amém… o céu está cheia de canto de passarinho, com certeza….

  2. Sem dúvida que do alto da sua estrela ele aprendeu a voar …
    Lindo, Clau!

    1. Eu faço votos que sim…e que de lá olhe por todos.

      Um abraço, obrigada pela visita. Venha sempre é motivo de alegria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: